Metodologia Scrum: tudo o que você precisa para não atrasar seus projetos

Tem dificuldade em dar segmento aos seus projetos? As tarefas de cada membro da equipe ficam confusas? Então você precisa conhecer a Metodologia Scrum.

Marina Paixão

Custommer Success

06 de julho de 2021 Desenvolvimento

O Scrum é um framework (uma base estrutural) de gestão de projetos ágeis, criado nos anos 90 por Jeff Sutherland (considerado o pai do Scrum), em conjunto com Ken Schwaber, utilizado em várias áreas de trabalho para facilitar a entrega, o desenvolvimento e/ou melhorar um produto/projeto complexo. O Scrum visa diminuir o tempo de entrega, sempre melhorando a qualidade dos processos.

Com a adoção do Scrum, os processos tornam-se mais transparentes e todos os envolvidos têm uma visão geral do que precisa ser feito e quais são os prazos de entrega do projeto, o que significa que é importante ter uma inspeção constante. O projeto pode ser adaptado e melhorado, já que, conforme as entregas das sprints vão sendo feitas, podem surgir mudanças nas prioridades, que deverão ser realocadas de acordo com sua importância.


A equipe Scrum:


Uma equipe Scrum é composta basicamente de três papéis:


1 - Product Owner (Gerente de Produto) – Ele é o responsável pelo produto e tem uma visão clara dos objetivos do projeto. É o que tem o papel de transmitir essa visão para a equipe, decidir quais recursos e funcionalidades serão construídos, bem como a ordem em que tudo deve ser feito.


2 - Scrum Master - Em um projeto, o Scrum Master é o especialista sobre Scrum. Sua principal função é auxiliar a equipe para que ela entenda e abrace os valores do Scrum. Ele lidera o processo e é o facilitador que busca eliminar quaisquer desvios de foco da equipe, para que esta alcance seus objetivos. Vale ressaltar que o Scrum Master não é o líder de ninguém – o papel dele é de ser o facilitador.


3 - Developers e designers - São eles que colocam a mão na massa para realizar o projeto. Além disso, contribuem para a melhoria das entregas.


É importante que a equipe tenha autonomia para se auto organizar para entregar, eficientemente, as metas estabelecidas pelo Product Owner. A equipe também precisa ser multifuncional, para que o projeto seja entregue o mais completo possível.


Divisões do Scrum:


Para que o projeto seja concluído com êxito, é preciso seguir alguns passos. Abaixo, explicaremos os termos comumente utilizados para cada um:


  • Product Backlog – são os desmembramentos do produto. O Product owner divide o projeto em partes menores e as agrupam por funcionalidades. Em seguida, essas partes precisam ser divididas por prioridades e colocadas nas sprints. 

É importante fazer a seguinte pergunta:  “Quais itens têm o maior impacto sobre o negócio e quais são os mais importantes para o cliente, que podem gerar mais retornos e que são mais fáceis de concretizar?”. 


  • Sprint Backlog – É o período em que as demandas serão desenvolvidas e entregues. É preciso estabelecer uma regra de duas a quatro semanas para serem realizadas. A cada finalização de Sprint, é realizada uma apresentação para a equipe do que foi realizado.


  • Incremento/ entrega – É a conclusão do projeto, que é apresentado ao cliente, que deverá analisá-lo e dar uma devolutiva com as observações que julgar necessárias. As devolutivas são muito importantes para a evolução da equipe.



Eventos do Scrum:


Para que toda a equipe esteja alinhada com o que precisa ser feito no projeto, acontecem alguns eventos durante os processos, que iremos listar a seguir:


  • Planejamento de Sprint – reunião de planejamento da sprint, na qual é definido o Product backlog. Em cada sprint, cabem em média três funcionalidades, que deverão ser realizadas naquele período.


  • Daily Scrum (reuniões diárias) – são reuniões curtas para acompanhar o andamento do projeto e alinhar toda a equipe. A Daily Scrum deve ter, no máximo, 15 minutos e responder a três perguntas:

O que eu fiz ontem?

O que vou fazer hoje?

Existe algum impedimento/ obstáculo para atingir a meta?


  • Revisão da Sprint – Reunião de apresentação da entrega para o time. Nela, a equipe verifica se o projeto está de acordo com o esperado, o Product Backlog é atualizado e é feita uma análise para saber se há necessidade de adaptação do produto. O Product Owner precisa revisar e dar o Ok.


  • Retrospectiva Sprint – Nessa reunião, é verificada a necessidade de adaptação do processo. Avalia os pontos positivos e negativos, com a finalidade de entender como melhorar o processo.



A Metodologia Scrum é adotada pela Witix. Por meio dela, o tempo de entrega é encurtado, e o cliente acompanha o desenvolvimento de sua ideia ou projeto, do início ao fim. O  time da Witix trabalha de forma integrada, cujos ciclos passam por um rigoroso controle de qualidade, revisão, prototipagem e testes de usabilidade.

Para cada projeto que a Wtix desenvolve, elege-se um Scrum Master para fazer o acompanhamento passo a passo do projeto, para que tudo seja concluído do jeito que o cliente precisa – e deseja.



Foto: Negócio foto criado por freepik - br.freepik.com

Deseja receber mais conteúdo como este?

Seja o primeiro a saber quando postarmos mais conteúdo rico
como este que você acabou de ler.

Submetendo este formulário, você aceita nossos Termos de Serviço
e Política de Privacidade.